• Captação 02 - ETA 1
  • Captação 02 ETA 1
  • Captação 01 - ETA 1

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

SAMAE fornece água Potável em Nova TrentoSAMAE fornece água Potável em Nova Trento
O SAMAE de Nova Trento afirma que a água fornecida pela Autarquia é Potável e não tem problemas com contaminação de agrotóxico.
No final de 2018, um técnico da ARIS – Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, esteve na cidade para fazer coleta nas captações de água que atende as duas Estações de Tratamento de Água, Vasca e Tirol.
Este trabalho de coleta foi acompanhado pelo Diretor do SAMAE Ivã Alessandro Franzoi e pelo servidor Roger Guimarães. O técnico da ARIS estava a serviço do Ministério Público de Santa Catarina – MPSC, que resolveu saber como estava à qualidade da água no Estado em relação a possível contaminação por agrotóxico.

Foram realizadas amostras em 100 municípios catarinenses, escolhidos com base na relação entre população, cultivo de alimentos e venda de pesticidas. Foram incluídos municípios na Grande Florianópolis, Oeste, Sul, Vale do Itajaí, Norte e Serra. Os resultados obtidos nas amostras foram analisados pela Engenheira Química Sonia Corina Hess, pós-doutora em Química e professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
O MPSC pediu análise de 204 ingredientes ativos de agrotóxicos que são usados nas lavouras em Santa Catarina. O Ministério da Saúde estabelece, hoje, parâmetros para 27 dessas substâncias. Por isso, muitos dos agrotóxicos identificados não têm valores máximos definidos para a água de abastecimento no Brasil.
Em 13, das 22 cidades onde foram encontrados resquícios de agrotóxicos na água, havia mais de um princípio ativo presente. Nova Trento ficou de fora desta lista de municípios com este problema, por não apresentar nenhuma plantação agrícola acima da captação de água, nem na Vasca, nem no Tirol.
O resultado da amostra da água de Nova Trento vem confirmar as análises realizadas pelo laboratório contratado pelo SAMAE, que a cada seis meses faz uma análise de maior complexidade, e nada consta de anormal.
Segundo a Engenheira Química Letícia Minella, contratada pelo SAMAE de Nova Trento “Declaro para os devidos fins que a água fornecida ao município de Nova Trento, através das estações de tratamento da Vasca e da Claraíba, é considerada POTÁVEL, adequada para consumo humano, conforme demonstram os laudos de análise realizados por laboratório terceirizado. É conveniente salientar que o SAMAE realiza todas as análises exigidas em lei, de acordo com a portaria de Consolidação n° 5, anexo XX, estando os resultados disponíveis à consulta pública. Da mesma forma, análises completas que atendem a Resolução CONAMA 357 são realizadas na água captada. De acordo com os resultados, todos os parâmetros atendem a legislação.”

Fonte: SAMAE/NT, Site www.nsctotal.com.br.